Querido amigo…

 

Apesar de nos lembrarmos todos os dias, hoje importa marcar a data, porque passaram já 6 meses… Aqui ficam as palavras e pensamento do Filipe Costa e Silva, sob forma de poema, com ilustração do Vitor Batista. Não haverá melhor forma de assinalar a data. Para ti, Sérgio…

 

 

ultima_viagem

 

Adeus à flor da pele

Querido
amigo,

A tua morte
bate tão forte,
neste meu peito!
É um adeus sem jeito,
que ecoa num vale vazio
e repete de volta, dor e frio.

Dor e frio…
Dor e frio…

Mas os dois sacudimos
a tua ausência,
e outra vez rimos
da vida e sua ciência.
E é esse o segredo mudo
que me repete a tua morte:

O amor é que é tudo,
a vida é só sorte!

 

 

Janeiro 2017
Poema de Filipe Costa e Silva
Ilustração de Vitor Batista
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: