Hoya Moros: Zé Abreu vs La Anomalia cs esq.

Aqui fica mais um vídeo, desta feita o último que faltava espremer das imagens que recolhemos na última incursão a Hoya Moros, no passado Verão. As imagens não são as melhores, o material que carregámos era escasso, mas o momento em causa e o empenho empregue justificavam partilhar o registo deste muito batalhado encadeamento do La Anomalia ss esq.

Para além do problema (por si só merecedor deste curto vídeo), pretendíamos evidenciar aqui a persistência e capacidade de luta do José Abreu. E a luta não se ficou apenas pelos passos iniciais, já que no começo alto ele se passeou pela sequência nada fácil. A luta está muito para além disso. Está na paixão que ele imprime em todos os aspectos que rodeiam a escalada, numa constante lição de motivação e força de vontade. Camaleónico, tanto podemos ver o Zé a “vergar a mola” em trabalhos verticais excruciantes, como o vemos num registo poliglota ou a discutir temas do seu trabalho de investigação. Se a “pele” muda a pessoa permanece inalterável naquilo que tem para dar aos outros, e que é sempre muito.

Aqui fica, à imagem do próprio protagonista, uma edição simples e honesta, com música de fundo do Sr. Cash, também ele camaleónico na forma de abordar este tema dos Nine Inch Nails. PR

Anúncios

3 Responses to Hoya Moros: Zé Abreu vs La Anomalia cs esq.

  1. Taia diz:

    Honrras bem a camisola que vestes. Bom vídeo Pedro. Abraço

  2. José Abreu diz:

    Obrigado pelo vídeo, é sempre bom recordar boas viagens num grande ambiente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: