7 Dias, 7 Fotos. Albarracín VII, Pa Los Niños.

Nunito Santos queima os últimos cartuchos, à luz de frontais, no Pa los niños, sector Acantilados.

Outro assunto recorrente parece ser a comparação com Fontainebleau, motivada por ambas serem zonas de arenisca. Numa opinião pessoal, ambas as zonas proporcionam estilos de escalada distintos: em Albarracín, mais físico; em Fontainebleau, mais técnico e com truques (se bem que com muitos problemas de compressão…). Mas isto, como tudo na vida, são gostos: carne ou peixe, loiras ou morenas, Super Bock ou Sagres…

Em suma e concluindo, Albarracín é sem dúvida alguma um local a conhecer e bem. Fazendo uso do velhinho slogan do ISN, é caso para dizer que “há o ir… e voltar”.PR

Anúncios

5 Responses to 7 Dias, 7 Fotos. Albarracín VII, Pa Los Niños.

  1. Guardei o meu comentário para a última das fotos porque seria injusto comentar apenas uma ou outra. Todas as fotos estão fantásticas, há que destacar a do Magno no Quebrantamentos e a do Nunito no La Cena de Los Idiotas. A nível de cores, luz, tudo aquilo que se pode destacar, são fotos que chamam a atenção!
    Há que também agradecer o trabalho dos fotógrafos, neste caso do Pedro Rodrigues que muitas vezes deixa de escalar para poder conseguir documentar estes momentos!
    E Pedro, em relação ao texto da última foto…bem para mim não há qualquer tipo de discussão! Loiras E morenas é claro!!!!

    Um abraço

    • Pedro Rodrigues diz:

      Obrigado pelo comentário Filipe. Escalar e fotografar (mais recentemente filmar) são duas actividades que se complementam. Mas é verdade que tentar tocar vários violinos ao mesmo tempo, por vezes, é bastante complicado. Mas são estes comentários que dão alento.

      Quanto à questão das loiras e morenas… o que importa é que sejam Super Bock… as cervejas, claro.

  2. MC diz:

    Venham mais 7, de uma acentada que eu cego já,
    A preto e branco ou a cores tanto dá,
    Se tem má pinta, dá-lhe um “puxadinho de fotoshop”,
    Se não gostarem, podem sempre ir a uma surf shop,

    Não obriguem a ir para Portugal blocar,
    Que é já tempo de pegar numa grade e zarpar,

    Tiriririri buriririri, Tiriririri para albaracin blocar (Bis)

    Como já foi dito, muito boa a fotonovela, obrigado pelas fotos e pelo uso do “fototexto” que faze sobressair ainda mais as imagens.

    PS: A NBabugem espera agora a tua participação no próximo artigo; “Penoita, 7 fotos, 8 bilros.”

    • nortebouldering diz:

      A fotonovela é tão boa que fez saltar a veia poética do canta-autor-blocador: Zeca Cunha. Muito Bom.
      A série está de facto boa, fazendo Albarra parecer melhor ainda do que aquilo que é, cumprindo, nesse aspecto, uma das funções da imagem fotográfica: criar uma realidade própria e nova.
      A minha preferida será a VI Quebrantamientos. Obrigado Pedro.

    • Pedro Rodrigues diz:

      Brutal.

      Lá estaremos no “Penoita, 7 fotos, 8 Bilros, 9 fora nada”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: